quarta-feira, abril 25, 2007

181 - Programação para a Semana de 25 anos do Município

1/5 Terça-Feira

10h30min - Abertura da 25ª Semana de Aniversário Hasteamento dos Pavilhões Apresentação da Banda da Escola Municipal de Ensino Fundamental Barão de Arroio Grande.
Local: Praça João Gomes

11h - Exposição de trabalhos dos Alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Barão de Arroio Grande intitulada “ Releitura dos pintores Tarcila do Amaral e Candido Portinari”
Local: Casa de Cultura Jorn. Hipólito José da Costa

12h - Almoço Festivo aos Funcionários Municipais
Local: CTG. Tropeiros do Sul

15h - Mateada e Show
Atrações:
* Talentos da terra
* Intuisamba ( banda do jogador Daniel Carvalho)
* Estrela Musical São Lourenço do Sul
Local: Av. 3 de Maio ( frente Madeireira Ferreira)

16h - Chegada da Cavalgada Conhecendo Capão do Leão
Local: Praça João Gomes

2/5 Quarta-feira

9h30min - Apresentação do Filme Fim da Linha “Projeto
Agente Jovem-DAS”

15h30min - Apresentação do Filme Fim da Linha “Projeto Agente Jovem-DAS”
Local: Casa de Cultura Jorn. Hipólito José da Costa

20h - Sessão solene da Câmara de Vereadores
Local: CTG Herança Campeira

23h30min - Baile de Aniversário com a Banda Vanera e Lançamento do CD e DVD do Tche Barbaridade
Local: Ginásio Municipal de Esportes

3/5 Quinta-Feira
8h - Torneio de Bocha
Local: Sede da ALBT

9h30min - Passeio Ciclístico
Local: Concentração Antiga Estação Ferroviária Bairro Teodósio Chegada Praça João Gomes

15h - Inauguração da Biblioteca Virtual e Mostra Fotográfica “Um Ano da Casa de Cultura Jorn. José Hipólito da Costa”
Local: Casa de Cultura Jorn. Hipólito José da Costa

16h - Apresentação da Banda da Escola Mun. Ens. Fun. Barão de Santo Ângelo.
Apresentações Culturais:
* Grupo de Dança Folclórica da Escola de Educ. Infantil Alaíde Teixeira Victória
* Grupo de Dança Folclórica da Escola de Educ. Infantil Girassol
* Coral da Escola Mun Ens. Fund Sen. Darci Ribeiro
* Jogral da Escola Mun. Ens.. Fund. Barão de Santo Ângelo

4/5 Sexta-Feira

Compromisso à Bandeira e entrega de Certificados

13h30min - Concentração dos Dispensados
Inicio da Solenidade com a participação da Banda da 8ª BDA INF MTZ de Pelotas e apresentação das Bandeiras Históricas por representantes da Invernada Artística do CTG Herança Campeira e do CTG Tropeiros do Sul.
Arriamento dos Pavilhões

18h - Abertura Oficial do 24º Rodeio Crioulo do CTG Tropeiros do Sul

21h - Tertúlia

5/5 Sábado
8h - Inicio da Gincana Escolar Alusiva ao 42º Aniversário da Escola Estadual Ens. Médio Pres. Castelo Branco
Local: Na Escola

8h - 24º Rodeio Crioulo do CTG Tropeiros do Sul

l4h -Tiro de Laço 2º Troféu Cidade do Capão do Leão

6/5 Domingo

8h - 24º Rodeio Crioulo do CTG Tropeiros do Sul

8h - Inicio 2º Etapa Circuito Zona Sul de Downhill
Local: Cerro das Almas

9h - Torneio de Voleibol de Duplas
Local: Praça João Gomes

14h30min - Mateada
* Praça de Alimentação
* Café Colonial
* Distribuição do Bolo 25º Aniversário
* Brinquedos infláveis
* Entrega de Premiações
Shows
* Talentos da terra
* Hawai show Band

Colaboração: Catia Rosana Fernandes Rodrigues

quarta-feira, abril 18, 2007

180 - Concurso para Escolha da letra do hino da cidade


Capão do Leão: A prefeitura de Capão do Leão através do Departamento de Cultura, Desporto e Turismo da Secretaria de Educação institui concurso para escolha da letra do hino da cidade.

1. A LETRA: Deverá fazer alusão aos seguintes aspectos: Alusão aos que lutaram pela emancipação ( sem citar nomes) , Pedra da Bandeira riquezas contidos no brasão , belezas naturais.

2. A LETRA : Deverá ter três estrofes e um refrão ( estrebilho) após cada estrofe.
3. Os interessados em participar do Concurso deverão encaminhar até 24 de abril de 2007 a letra impressa com sete cópias para o Departamento de Cultura da Secretaria de Educação de Capão do Leão ,cito, à Av. Narcisio Silva 2360.Também deverá ser encaminhado declaração de estar ciente que os direitos autorais serão doados a esta entidade.
4. AUTORES: A identificação do(s) autor (es) deverá ser feita por meio de pseudônimo, devendo também acompanhar um envelope lacrado com o endereço do (s) autor (es), o qual será aberto após o julgamento.
5. O material enviado: Não será devolvido.
6. Da COMISSÃO JULGADORA: Será composta por 07 membros reconhecidamente capacitados.
7. DA PREMIAÇÃO: O Município estipulará premiação de trezentos reais ao vencedor.
8. A COMISSÃO ORGANIZADORA reserva a si o direito de ajustes na letra para que a mesma possa ser possa ser publicada.
As fontes de pesquisa são de responsabilidades dos participantes ,eximindo-nos de informa-las.
Maiores informações poderão ser obtidas por meio dos telefones (53) 3275 l774 à tarde.

terça-feira, abril 17, 2007

179 - Estação nos anos 60

Meu tio Vladir Moreira dos Santos, assim como eu, é uma pessoa apaixonada pela história da família e pelo Capão do Leão. Na família ele é sempre o responsável por filmar os casamentos, batisados, festas, etc. O meu casamento foi o tio Vladir quem filmou. E nesta paixão que ele tem por este tipo de registro me presenteou com um filmagem realizada no Capão do Leão por volta dos anos 60. Nesta filmagem aparece o agente da estação tocando o sino. Eu capturei umas imagens para colocar aqui no Blog.




178 - E. P. Castelo Branco - Primeira Turma

A primeira turma da Escola Presidente Castelo Branco formou-se (no Ginasial) em 23 de dezembro de 1967 com missa de ação de graças na Capela de Santa Tecla e entrega dos Certificados, as 21 horas, na Associação dos Trabalhadores. A foto abaixo mostra os formandos daquele dia.


Na foto (da direita para a esquerda): Nara Regina Santos Villagra, Clóvis Roberto Costa Victoria, Glacy Borges Buck, Adélia Medeiros Baptista (oradora da turma), Carlos Roberto Bréa Victoria, Leila Universina Sant'Ana Jardim, Prof. Antônio Angenor Porto Gomes (Diretor do Ginásio e Paraninfo da Turma), Marielena Victoria Diaz, Gilmar Silva de Souza, Gladis Marisa Fernandes Beléia, Rubi Cavalheiro Kaiser, Alaide Mirta Victoria Diaz e Astrogildo Garcêz da Silva (eliminado pelo fotógrafo).


Alaide Mirta, uma das formadas daquela turma, conta: "Os primeiros alunos do Ginásio eram bastante dinâmicos, considerando aquela época. A maioria da turma (2ª série - 1ª turma de formandos) era sonhadora, queriam melhorar de vida, continuar estudando, enfim ser alguém... Já no primeiro ano de vida do Ginásio, constituímos o Grêmio e, ainda, criamos um jornal chamado "Nosso Jornal". Todos trabalharam muito na criação do Jornal. Precisávamos de patrocinadores/ colaboradores e com muita disposição e insistência, conseguimos os seguintes: Lojas Caringi de Pelotas - tinha tradição comércio de chapéus para homens; Joalheria Pôssas de Pelotas - especializada em jóias, ótica e relógios; Loja Ipiranga de Pelotas ou Vieira, Silva & Cia. Ltda. - distribuidora exclusiva das tintas Ipiranga; Casa Paris de Pelotas - especializada em venda de tecidos; Casa Procópio (Procopinho) de Pelotas - vendia exclusivamente calçados; Lojas Mazza de Pelotas - Granja Cotovelo e/ou Cel. Pedro Osório S/A - venda de gado holandêz."
Colaboração: Alaide Mirta (Victoria) Diaz Sousa

177 - Escola Presidente Castelo Branco

A Escola Presidente Castelo Branco antes era conhecida como Ginásio do Capão do Leão e começou a funcionar em 29 de abril de 1965. Inicialmente foi criada para ser uma escola técnica, tanto que o prédio foi construído com salas para serem oficinas, mas nunca recebeu os equipamentos. Esteve com o prédio pronto e parado por mais ou menos 4 anos. Iniciou com a primeira e segunda série sendo que os alunos da segunda série, num total de 12, tinham feito a primeira em escolas de Pelotas. Com a inauguração do Ginásio do Capão do Leão, os alunos que estudavam em Pelotas solicitaram imediata transferência para lá, pois os custos financeiros, para os pais, sofreriam uma redução drástica. Naquela época, poucos alunos tinham possibilidades financeiras de continuarem os estudos. Terminavam a quinta série do ginasial e paravam por ai. A inauguração do Ginásio possibilitou crescimento intelectual, profissional e financeiro de muitos filhos de moradores do Capão do Leão.
No inicio da escola, o corpo docente foi composto por: Prof Antônio Agenor Porto Gomes, Alvina Luiza Bervalt, Ana Luiza Mena Barreto Leal, Diva Corrêa Cardoso, Jussara Rodrigues da Silva, Luiz Carlos Pinto, Maria Ricardina Recuero, Maria Odete Rangel, Terezinha Domingues Rodrigues e Terezinha Labibe Alan.
O currículo era composto pelas disciplinas de Português, Matemática, História, Geografia, Ciências, Inglês, Educação para o Lar, Artes Industriais e Educação Física.
O primeiro Grêmio foi composto pelos alunos da primeira e segunda série da seguinte maneira -
Da primeira série:
Gilberto Redü - Tesoureiro
Neiva Maria Albuquerque - Diretora Social
Neusa Jardim - Diretora Social
Teresina Andina - Diretora Social
Dora Luiza Masserom - Diretora Social
Aldrovando da Rosa - Conselho Deliberativo
Vera Zanusso - Conselho Deliberativo
Gladis Avila - Conselho Deliberativo
Albina da Silva - Departamento Cultural
Aldair Ribeiro da Luz - Bibliotecário
Idilio Manoel Bréa Victoria - Departamento Esportivo
Helena Fernandes - Departamento Teatral
Eliza Fernandes - Departamento Teatral
Da segunda série:
Leila Universina Sant’Ana Jardim - Presidente
Astrogildo Garcia da Silva - Vice-Presidente
Adélia Medeiros Baptista - Primeira Secretaria
Gladis Marisa Fernandes Beléia - Segunda Secretaria
Marielena Victoria Diaz - Diretora Social
Gilmar Silva de Souza - Departamento Esportivo
Carlos Roberto Bréa Victoria - Departamento Esportivo
Os inspetores da escola eram os irmãos Rubens Moreira Oliveira e Rui Moreira Oliveira. Eram muito amados e respeitados pelos alunos, direção e Corpo Docente do Ginásio.
Durante muitos anos foi a znica escola a oferecer o ensino de primeiro grau completo e em 1987 foi instalado o segundo grau, sendo hoje a znica escola do Capco do Leco a ter o Ensino Midio funcionando.
Colaboração: Alaide Mirta Diaz Sousa e Ana Maria Victoria Silva.
Complemento em 18/04/2007 por Ana Maria - "Começou a funcionar como Ginásio Estadual do Capão do Leão. Somente na década de 80 é que recebeu a denominação de Presidente Castelo Branco, passando a chamar-se Unidade Estadual de Ensino Presidente Castelo Branco - 5ª a 8ª série. Mais tarde Escola Estadual de 1º e 2º Graus Presidente Castelo Branco. Para que fosse instalado e começasse a funcionar houve uma mobilização muito grande da comunidade já que, como disse a Mirta, a maioria dos jovens do Capão do Leão paravam de estudar na 5ª série primária por absoluta dificuldade financeira, de transporte e de conseguir vagas nas escolas de Pelotas. Naquela época eram poucas as escolas públicas."

segunda-feira, abril 16, 2007

176 - Estação Agente Gomes



Novidades no site do sr Ralph Mennucci Giesbrecht.













Alfredo Rodrigues conseguiu ir até a estação no dia 31 de março de 2007 com seu filho Felipe e tirou algumas fotos, entre elas esta acima. Por Alfredo - "Segundo informações dos moradores da região este prédio tomado pelas árvores era o da antiga estação Agente Gomes que foi desativada provavelmente no final da década de 1960".




A estação de Agente Gomes aparece pela primeira vez nos guias em meados dos anos 1930. Era originalmente um desvio de nome Desvio Descanso. Ariosto Borges Fortes dá a data de inauguração do desvio com a linha, em 1884. O nome homenageia João Baptista Gomes (1878-1935), agente da estação de Capão do Leão quando faleceu. O nome passou a ser Agente Gomes em 14/10/1935, seis meses após sua morte.

Para informação, o Sr João Baptista Gomes é o mesmo que deu o nome a pração João Gomes.



Sr Rodrigues ainda me contou por email - "era sábado e eu e o meu filho Felipe fomos de ônibus até próximo da parada em que a estrada cruza a linha férrea (acesso ao Cerro do Estado) e a partir deste ponto (km 404 da linha) percorremos até a Km 398. A estação Agente Gomes fica entre o 397 e o 398 - portanto ida e volta dá mais ou menos 12 km... É uma pena que o prédio da estação Agente Gomes esteja tão abandonado só, não caiu porque sua construção é muito resistente."




Sr. Alfredo Rodrigues e Sr. Ralph Gisebrecht, muito obrigado pela contribuição para a história de nosso município.

175 - Santa Tecla (Foto Atual)



Em pé da esquerda para direita: Luciano, Giovane, Betão, Ariano, Cunha, Marquinhos, Eder, Vinicius, Leco, Rodrigão e Arlon. Agachados da esq. para direita: Sander, Dionata, Fábio, Denir, Matheus alemão, Mateus, Patrick, Vicente, Cauê, Gleisson e Bira.


Colaboração de Giovane Souza e Éder Hebling.

domingo, abril 15, 2007

174 - Trem de Passageiros


Colaboração do Sr. Alfredo Rodrigues: "Em anexo foto minha batida nos anos 80 em que aparece o misto, se não me engano partia nas terças-feiras às 07h de Rio Grande com destino a Cacequi e de lá retornava na quinta-feira"

quarta-feira, abril 04, 2007

173 - Jaime Ferreira Cardoso



Filho de José Ferreira Cardoso e de Maria das Dores Cabral Cardoso, nasceu em 19/01/1891, no Capão do Leão, onde residiu até o ano de 1939 e casou-se, em 25/07/1914, com Júlia Cecília dos Santos Cardoso.
.
Realizaou seus estudos em colégios da própria Vila, onde também iniciou-se em comércio, em estabelecimento de seu pai. Posteriormente, em 21/02/1914, participou, como fundador, da firma Cardoso e Moreira (1), dedicada ao ramo de secos e molhados.
.

Inscrito no Registro de Lavradores, Criadores e Profissionais de Indústrias Conexas, do Ministério da Agricultura, fundou, em 26/04/1921, a firma Kalwait & Cardoso, para fabrico de carvão vegetal e seus subprodutos, dedicando-se, depois, por largos períodos, à exploração da avicultura, da cunicultura e da apicultura.
.

Foi o instalador da Agência Postal do Capão do Leão, que funcionou na sede da Vila a partir de 09/07/1914, tendo desempenhado, também, as funções de Juiz Distrital do IV Distrito (de Pelotas), como primeiro suplente nomeado por ato de 02/12/1920 do Presidente do Estado. Prestou, ainda, serviços à Prefeitura de Pelotas, como Encarregado da Pedreira do Capão do Leão, nomeado que foi por ato de 16/09/1925 do então Intendente Municipal.
.

Mais tarde, entre os anos de 1926 e 1927, explorou por conta própria a mesma Pedreira Municipal, e, posteriormente, a partir de 24/12/1932, como fundador da firma P.Lopes & Cia., dedicada, também, à exploração da indústria graniteira.
.

Na política, foi membro atuante do Partido Republicano, tendo participado como funador do "Centro Republicano Coronel Pedro Osório", no Capão do Leão, em 07/09/1921, integrando sua primeira Diretoria com o cargo de Secretário. Nos anos subsequentes, ocupou diversos postos em outras Diretoria, inclusive o de Vice-Presidente, para o qual foi nomeado em setembro de 1930. Em 10/07/1932 ajudou a fundar o "Club Três de Outubro" de cuja primeira Diretoria também participou.
.

No setor da educação, conquistou, em 12/10/1932. o título de "guarda-livros provisionado", segundo diploma do Superintendete do Ensino Comercial do Ministério da Educação e Saúde Pública. Como sócio fundador e integrante da primeira Diretoria do Centro Espírita Agostinho, desempenhou papel relevante na construção da atual sede, onde instalou um Curso Noturno de Alfabetização de Adultos, do qual foi professor de 1930 a 1934. Foi, também, membro atuante da Comissão Fundadora do Grupo Escolar Dr. Dario da Silva Tavares, que funcionou nos anos de 1936 a 1937, objetivando a fundação da referida Escola.
.

Em 1939 transferiu residência para Pelotas e em 1943 para a cidade de Rio Grande, onde faleceu no dia 16 de dezembro de 1949.
.

(1) depois conhecida como Armazém Moreira.

terça-feira, abril 03, 2007

172 - Rainha da Colônia



Nossa cidade, quando Vila fazia parte do 4º distrito de Pelotas e como tal, participava de inúmeras atividades / festividades /promoções, inclusive da escolha da Rainha da Colônia, tradicional festividade em que eram homenageados os bravos homens e mulheres que colonizaram e contribuíram para o desenvolvimento dos diversos municípios do RGS e que envolvia as diversas localidades do dsitrito e do município de Pelotas e adjacências. A data ainda hoje é lembrada, dia 25 de julho - Dia do Colono e Dia do Motorista. Em tempos não muito distantes, essa data era comemorada com uma grande festa, em lugares antecipadamente escolhidos que culminava com a escolha da Rainha da Colônia, com belas garotas representantes dos diversos lugares do distrito. Em 1957 Capão do Leão concorreu e venceu com uma parente minha, a prima-irmã de minha mãe, Maria de Lourdes Victoria Diaz, já falecida, intitulada Rainha da Colônia em 1957.
Mas Maria de Lourdes, antes de ter sido Rainha da Colônia, foi Miss Capão do Leão, por volta de 1955, conforme saiu em jornal da época. - "... realizou-se sábado, na Vila do Capão do Leão, um grande baile, no cinema de propriedade do sr. Manoel Selmo, e durante o qual foi escolhida "A Mais Bela Leonense". Ás 24 horas, deram entrada no salão as 3 candidatas, gentis senhoritas Lenita Malicheski, Gilda Zanusso e Maria de Lourdes Victoria Diaz, que desfilaram sob intensos aplausos da numerosa assistência, no salão artisticamente ornamentado. Foi eleita a senhorita Maria de Lourdes Victoria Diaz, filha dileta do sr. Hector Diaz e d. Alayde Victoria Diaz, a qual, em breves palavras, agradeceu a sua escolha, sendo, na ocasião, saudada por uma das concorrentes, senhorita Lenita Malicheski. Logo após a proclamação da vendedora foi executada uma valsa vienense, em homenagem a jovem eleita..." -.
Maria de Lourdes não era bela por acaso, pois sua mãe Alayde, ou Carmem Alayde Teixeira Victoria, nome de solteira, já tinha sido Rainha nos anos de 1935 e 1936, com o título Rainha do Carnaval Leonense.
Esta fotografia foi tirada após Maria de Lourdes ter sido coroada Rainha da Colônia, em 1957.
Colaboração da prima Alaide Mirta Diaz Sousa, irmã de Maria de Lourdes.