quarta-feira, julho 26, 2006

99 - Manoel José Teixeira Victoria


Sempre educado e atencioso com todos, seja adulto ou criança, assim foi Manoel José Teixeira Victoria, ou simplesmente “Seu Manoel”. Nasceu em Rosário, em 1o de dezembro de 1918, filho de Idílio Manoel dos Santos Victoria e Alaíde Teixeira Victoria. Foi com apenas dois anos para o Capão do Leão onde casou com dona Carmem e teve 7 filhos, 5 homens e 2 mulheres. Desde Jovem manteve-se atuante nas atividades da comunidade, sendo um dos destaques no Bloco Carnavalesco “Os Sedutores”, fundado por Jorge Pedro Hillal. Mais tarde, fundou com Luís Carpter, Ildemar Porto Antunes (Bamba), José Aloar, José Ribeiro, Milton e Manoel Selmo e Edmar Dias, o Clube Carnavalesco do Urso. Em 1980, participou do Núcleo Comunitário do Capão do Leão, presidido por Epaminondas Rodrigues (Sr. Tunca) ocasião em que foi comprada a primeira ambulância do Capão do Leão, adquirida com verba arrecadada na comunidade. Quando era proprietário de um forte comércio no Capão do Leão, sempre ajudou os necessitados. Colocou sua residência à disposição dos Correios e Telégrafos, sem nenhum ônus para a entidade, o que fez com que o Posto do Capão do Leão funcionasse por longo tempo. Foi Vereador em Pelotas, representando o Capão do Leão, de 1960 a 1963, no governo de José Carlos Gastal. Em 1963, foi ativo participante do movimento emancipacionista do Capão do Leão, liderado por seu irmão Ruy e seu amigo Enedino Silva. Faleceu em 8 de julho de 1999, no Capão do Leão.
.
[TRIBUNA DO SUL 21-03-1992: 4] PETIZ, Vanderlei. UM LEONENSE: Manoel José Teixeira Victoria. Pelotas: Tribuna do Sul. 14/03/1992-21/03/1992. pag. 4