segunda-feira, março 20, 2006

36 - Enedino Silva


Nasceu em 14 de maio de 1916 na localidade denominada Hidráulica, na Vila do Capão do Leão. Filho de Narciso Silva e Balbina Colácio da Silva. Casou-se com Jacy dos Santos Silva e além dos filhos Cláudio Renato, Carlos Renê e Clóvis Roberto, criou a sobrinha Lúcia Helena. Aos 13 anos trabalhava na firma comercial de seu pai como balconista. Serviu no 9o RI por três anos em Pelotas e Porto Alegre (deu baixa como Sargento). Foi sócio e comerciante da firma Moreira & Cia Ltda. Foi diretor comercial da Cooperativa dos Trabalhadores na Indústria da Pedra; Presidente e goleiro por vários anos do Santa Tecla F.C. Em sua carreira futebolística teve como grande fato, o de ter sido titular no G.E. Brasil de Pelotas (Xavante) tendo substituído o grande goleiro Chiquinho que tinha vindo do Fluminense do Rio. Recebeu em 1978 certificado de participação do Ministério da Educação e Cultura do Rio de Janeiro; Diploma de Honra ao Mérito da 5a Delegacia de Ensino de Pelotas. Foi mestre da Loja Maçônica Tiradentes II em 1979; Sócio benemérito e presidente por vários anos do Centro Espírita Agostinho, onde criou o departamento de Auxílio Social dessa entidade e título de sócio remido de 1977 à 1981; Foi sub-prefeito do Capão do Leão e líder da campanha emancipacionista do Capão do Leão, sendo eleito vereador na primeira legislação do novo município dando tudo de si até 21 de outubro de 1983, quando faleceu.

Tirado do texto UM LEONENSE de Vanderlei Petiz, publicado em [TRIBUNA DO SUL], Semana de 11-01-1992 a 18-01-1992, pág.4 e [ARQ JACY]

[TRIBUNA DO SUL] Jornal Tribuna do Sul pertencente ao Jornal Diário da Manhã, Pelotas.
[ARQ JACY] Arquivo particular de Jacy dos Santos Silva.

Nenhum comentário: