terça-feira, fevereiro 02, 2016

439 - Um Leonense - Eugênio Kaiser

Fonte: PETIZ, Vanderlei. Jornal Tribuna do Sul, 14/12/1991

438 - Um Leonense - João Francisco Rodrigues de Andrade

Fonte: PETIZ, Vanderlei. Jornal Tribuna do Sul, 25/01/1982

JOÃO FRANCISCO RODRIGUES ANDRADE
(31/12/1928-28/04/2007)


Música: Adeus... Gaúcho
Homenagem de Frederico Viana à João Francisco, 
cantada no 1o Levante da Canção Gaúcha de Capão do Leão, em 2008


Tradicionalistas dão adeus ao gaúcho João Francisco Rodrigues Andrade
por André Dala Possa

O cavalo branco encilhado, carinhosamente chamado de Quero-quero da Felicidade, carregou apenas as botas usadas pelo ex-companheiro em tantas lidas. Era parte da homenagem prestada ao tradicionalista João Francisco Andrade, sepultado ontem, às 9h, no Cemitério Ecumênico São Francisco de Paula. O gaudério responsável pelo incentivo às tradições gaúchas, um exímio contador de histórias, recebeu emocionantes honrarias de despedida em forma de música, poesia e cortejo a cargo dos parceiros de cavalgada.Importante figura do meio tradicionalista, Andrade morreu às 5h da madrugada de sábado aos 78 anos, em virtude de complicações decorrentes de um infarto do miocárdio. Deixou duas filhas, três netas e um irmão. Cerca de 300 pessoas acompanharam o último adeus ao homem que dedicou a vida ao culto e desenvolvimento do gauchismo.Na poesia redigida e declamada por Mário Matos foi manifestado o sentimento de tristeza. Entre versos e lágrimas, o poeta lembrou momentos de convívio. “Foi um grande privilégio conhecer esse índio forte, que até o último instante sorria enfrentando a morte. Baixamos nossas bandeiras com tristeza a meio pau. Não quis a doença indiada que cruzasse esse val. Com a falta desse vaqueano nosso pampa entristeceu. Ninguém sente o bem que tinha senão depois que o perdeu.”ProjeçãoConhecido nacionalmente pelo seu envolvimento na defesa da cultura do pampa gaúcho, Andrade ocupou todos os cargos na hierarquia do movimento - de peão à presidente. Foi autoridade máxima do MTG por duas vezes, também assumiu em dois mandatos a presidência da Confederação Brasileira do Tradicionalismo. Desenvolveu atividades exclusivas, como a reformulação dos estatutos, e participou de outras ao lado dos demais zeladores da cultura do Estado. Levou os costumes, gostos, estilos e belezas gaúchas para fora das porteiras estadual e nacional.Grande declamadorOs colegas de tropa dizem que era nas declamações que Andrade mostrava sua alma de criança e nas suas atitudes deixava transparecer a experiência e sabedoria de um homem. “Não se pode somar os resultados de sua luta pela sobrevivência da história de seu povo, mas hoje é possível dizer que João Francisco Andrade é um ícone de nossas origens. Com certeza as próximas gerações vão ler muito a respeito dele. Até um dia em que nos encontraremos na invernada do céu”, disse o amigo e tradicionalista Carlos Gonçalves.

Diário Popular, Pelotas, RS, Segunda, 30.04.2007
http://www.diariopopular.com.br/30_04_07/p0801.html

terça-feira, novembro 17, 2015

segunda-feira, novembro 16, 2015

quinta-feira, outubro 15, 2015

434 - Clube Leonense


Quem tem mais de 40 anos deve lembrar do Clube Leonense e sua sede onde hoje está instalado o Almoxarifado do Município. Este clube, fundado em 4 de outubro de 1976, teve grande importância na vida social dos município pois ali aconteciam muitas festividades, destacando os bailes do Chope e bailes de Carnaval. Eu frequentei muitos deste bailes, na minha infância (bailes infantis) e adolescência e tenho ótimas recordações.

Prédio onde foi a sede do Clube Leonense

 O Instituto Histórico e Geográfico de Capão do Leão guarda algumas recordações como este caneco da 1a Festa do Chopp além de documentos e recortes de jornais daquela época.


Caneco da 1a Festa do Chopp do Clube Leonense

1o Estatuto e Lista de Presença

No Estatuto do Clube contém a composição da 1a Diretoria, formada em 24 de outubro de 1976.

(clique na imagem para ampliar)
Se não me engano, o Clube Leonense foi desativado nos anos 80.
Alguém teria mais informações?




sexta-feira, março 28, 2014

428 - Amilton Fernandes (Albertinho Limonta)

Amilton Fernandes foi o primeiro herói de novela que se fez nacionalmente famoso e, assim como Glória Menezes, morou ou veraneava no Capão do Leão.


Veja mais sobre Amilton Fernandes, entre no blog Pelotas Cultural:

Quem souber mais sobre Amilton Fernandes no Capão do Leão, favor entrar em contato.

quinta-feira, março 27, 2014

427 - Luiz Teixeira no Prêmio Literário João Simões Lopes Neto

Em 2005, um conto do leonense Luiz Paulo Dias Teixeira, foi selecionado para compor o livro de Antologia de Contos do Prêmio Literário João Simões Lopes Neto. Abaixo, listo o conto de Luiz Paulo.







Antologia de Contos - 2005: Prêmio Literário João Simões Lopes Neto / Beatriz Araújo, Lúcio Alves, Mogar Xavier, Organizadores. _ Pelotas: EDUCAT, 2006. 100p. ISBN 85-7590-070-6.

terça-feira, março 04, 2014

426 - Onde está a documentação Histórica de Capão do Leão?

Onde tu achas que estão as informações sobre a história do nosso município? Tenho pesquisado sobre nossa história desde 2005 e posso afirmar que muito pouco encontrei em livros publicados. Os livros foram minhas primeiras fontes de pesquisas, mas foi em documentações guardadas por famílias que encontrei a maior riqueza de conteúdo. Isto mesmo, foram em documentos guardados nas casas dos leonenses que estão as maiores riquezas sobre a histórica do nosso pago. São fotografias, propagandas, jornais e recortes de jornais, cartas, recibos, atestados, certidões, carteirinhas, chaveiros, entre outros documentos e objetos, mas não somente nisto, também na memória de cada um. São relatos sobre a emancipação, sobre acontecimentos como o bandido Miguel, sobre os carnavais, sobre o futebol, sobre o trem, sobre o comércio, a extração de pedra e muitos outros assuntos. E são informações fantásticas e preciosas. E este conhecimento não pode ser perdido e se não tomarmos ação, vai ser perdido, pois documentos, fotos acabam indo para o lixo com o passar das gerações e as memórias das pessoas se vão quando elas se vão. Não podemos deixar nossa história se ir.

Quando meu tataravô faleceu, todos os pertences dele foram enterrados no pátio da casa e nunca mais foram encontrados. Foram-se livros, documentos, etc. E é comum as famílias jogarem fora coisas “antigas” pois muitas vezes não sabem o grande valor histórico que elas possuem.

Com o objetivo de resgatar, preservar e divulgar a nossa história, está surgindo o Instituto Histórico e Geográfico de Capão do Leão (IHGCL). O IHGCL é uma junção de pessoas preocupadas com o resgate da história leonense e uma sede para abrigar todo este conhecimento adquirido em forma de livros, revistas, jornais, mapas, artigos, documentos, fotos, objetos, relatos (gravado ou escrito), etc.  O instituto não tem vinculo político e não visa lucro. O interesse é somente de resgatar, preservar e divulgar a história, geografia e cultura de Capão do Leão e região.

Mas para resgatarmos a nossa história, o IHGCL precisa de ti, pois conforme a experiência adquirida em pesquisas anteriores, a história pode estar na tua casa. E já tem muita gente colaborando, disponibilizando principalmente fotos, mas também documentos importantes.

Abaixo, como podemos criar um grande acervo da história de Capão do Leão:


1 - Fotografias

Tenho recebido muitas fotografias fantásticas pelo facebook, email ou pessoalmente. A fotografia não precisa ser doada fisicamente para o IHGCL pois ela pode ser copiada através de um escâner ou até mesmo tirando foto da foto. Claro que a foto escaneada fica com melhor qualidade do que a fotografada. E se não tiveres como copiar, podes deixar a foto comigo ou com mais alguém do IHGCL e copiamos e devolvemos.

E não é só fotografia que pode ser copiada. Tenho copiado slides e negativos com um escâner próprio para isto e tenho tido resultados fantásticos.

Abaixo, algumas de várias fotos enviadas:

Figura 1 - Foto de foto - Praça do Cerro disponibilizada por Jairo Costa do DEPRC

Figura 2 - Igreja Santa Tecla em 1901 disponibilizada por Lacy dos Santos Selmo

Figura 3 - Filmagem de Sonho Sem Fim disponibilizada pela Proferrora Doroti Zanuncio

Figura 4 - Cinema no Sind. dos Trabalhadores disponibilizada por Máicon Piske

Figura 5 - Comemoração ao Fim da II Guerra Mundial  disponibilizada por Jacy dos Santos Silva

Figura 6 - Fundação do Santa Tecla F.C. em 1915 disponibilizada por Rosana dos Anjos

Figura 7 - Agente João Gomes disponibilizada por Rosângela Brasil Gomes (neta)


Figura 8 - Slides e negativos podem ser digitalizados


 
Figura 9 - Fotografia digitalizada de um negativo que pertenceu a Ruy Victoria


Tenho recebido fotografias de eventos históricos, de prédios ou lugares que não existem mais, de times de futebol, de leonenses, de não leonenses que foram ou estão sendo importantes para o Capão do Leão, das pedreiras e muitas outras imagens. Muito, muito obrigado para todos que estão colaborando.

2 - Documentos

Documentos também podem ser digitalizados. São cartas, certidões, atas, notas fiscais e recibos de antigos estabelecimentos, propagandas, santinhos, lembranças de formaturas, casamentos,  certidões, carteirinhas (exemplo: clube leonense, times de futebol, sindicatos, etc), boletins escolares antigos e tudo mais que lembre a história de Capão do Leão. Abaixo, um telex enviado por Getúlio Vargas:

Figura 10 - Telegrama de Getúlio Vargas ao Comitê Leonense da Aliança Liberal doado por Jacy dos Santos Silva
 3 - Conto/Relatos

Contos  e relatos sobre acontecimentos em nossa história podem ser feitos de maneira escrita ou gravadas em áudio ou vídeo. Se não tiveres como gravar, vem bater um papo comigo ou com alguém do IHGCL que podemos registrar.

Figura 11 - Leopoldo Luz relatando a destruição da Pedra da Bandeira disponibilizado por Mabel Luz (neta)
 4 - Livros/Revistas/Jornais/Recortes

Livros, revistas e jornais que tenham como assunto o Capão do Leão, Pelotas ou o Rio Grande do Sul, podem ser doados ao IHGCL.  Qualquer artigo que fale sobre o Capão do Leão é importante. Abaixo, alguns exemplos:


Figura 12 - Livro de Florisbelo G. Barcelos, escritor Leonense, que pertenceu a Flávio Moreira dos Santos

Figura 13 - Livro raríssimo doado pela Professora Doroti Zanuncio ao IHGCL

Figura 14 - Jornais

Figura 15 - Recortes de Jornais

Figura 16 - Recorte de Jornais doados por Clóvis Roberto e Ana Maria Silva ao IHGCL

Figura 17 - Recortes de Jornais

Figura 18 - Exemplo de revista.
5 - Trabalhos Escolares/Acadêmicos


Se souberes de algum trabalho acadêmico ou escolar que fale sobre o Capão do Leão, também pode interessar à história do nosso município.


6 - Mapas /Listas Telefônias


Mapas antigos sobre o Capão do Leão e listas telefônicas antigas também podem conter informações importantíssimas. Podem ser escaneados ou fotografados.


Figura 19 - Mapa de terras onde hoje é parte da Cidade de Capão do Leão, doado por Arthur Victoria Silva ao IHGCL

7 - Lembranças

Objetos que lembrem locais, eventos,  pessoas do Capão do Leão, também podem compor o museu do IHGCL. Se fores te desfazer de algum objeto, lembre que pode ser importante para o museu do IHGCL.
Figura 20 - Chaveiros diversos

Figura 21 - Caneco do Baile do Chope no Clube Leonense

Para entrar em contato comigo, pode ser pelo facebook (https://www.facebook.com/hcapao.doleao) ou pelo email arthurvictoria@gmail.com

Vamos construir juntos a história do Capão do Leão. Em breve, notícias sobre o IHGCL.

Blog: http://ihgcl.blogspot.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/ihgcl

terça-feira, novembro 26, 2013